Kiara Yunet

Iniciou seus estudos em 2001, estudou com diversas professoras como:  Heliene Gomes, Shahar Badri, Adriana Lima e Amar el Leil, em 2007 passou a integrar o corpo de Baile da Cia Dumuaini de Jade el Jabel onde passou a desenvolver o papel de aluna, bailarina, coreografa (desde 2010) e solista (2011, 2012 e 2017). A partir de 2018 também passou a integrar o quadro de professoras do Estúdio Dumuaini de Jade el Jabel.

Diretora de corpo de baile do espetáculo Lua Nova 2019 da Cia Dumuaini de Jade el Jabel

Bailarina padrão de qualidade Khan el Khalili desde 2012, tornou-se bailarina noites no Harém em 2014 e Harém Superstars em 2018

Formada e em Educação Física pela Universidade Bandeirantes de Ensino em 2009 é professora de dança do ventre desde 2007.

Fez cursos e workshops de aperfeiçoamento com diversos professores nacionais e internacionais como: Munira Magharib, Aisha Almeé, Kahina, Elis Pinheiro, Nur ,  Amara Saadeh , Jillina, Amir Thaleb, Angeles, Raqia Hassan, Youseff Sharif, Mohamed Shahin, Tito Seif e Randa Kamel

Bárbara Zank

Surya Cruz

Barbara Zank iniciou seus estudos em dança oriental em 2007, com a bailarina Danny Negri. Desde então teve diversos professores , onde pode aperfeiçoar sua técnica e conhecimentos sobre Dança do Ventre e Folclore Arabe.

Desde 2017 é professora no Studio Kiara Yunet e também aluna, fazendo parte da Cia Kiara Yunet. 

 

É formada em ballet clássico e foi integrante do Grupo Evelyn de Dança Contemporânea, além de ter estudado Jazz , sapateado americano e ballet moderno.

 

Teve como professores de ballet e contemporâneo Evelyn Agabiti, Valéria Mattos, Kiko Moreira e Marcos Verzani.

 

Na dança oriental, pode estudar com grandes nomes  nacionais e internacionais como Mahaila El Helwa, Jade el Jabel,  Tarik, Munira,  Aysha Almee, Aziza Mor,  Kahina,  Lu Midlej,  Melinda James  , Débora e Jorge Sabongi, Aida Bogolomova,  Hossam e Serena Ramzy,  Nahla Morani, Kiara Yunet, entre outros.

 

Participou do corpo de baile do espetáculo "Six - o espelho de uma bailarina", produzido pela Revista Shimmie.

 

Viajou ao Egito diversas vezes para ampliar seus conhecimentos em língua e na cultura árabe, trabalhando como tradutora nos Festivais Ahlan wa Sahlan e Crazy Nights.

 

Foi bailarina nas maiores noites árabes de São Paulo, como Dunas Bar, El Maktub,  Capital Bar, Alibabar e Al Maual,  trabalhando com grandes músicos como Jihad Smaili, Mohamad Azra, Arfan Azra e Tony Layoun.

 

Em 2019, foi selecionada  bailarina  padrão Khan el Khalili.

 

É graduada em Letras e Pedagogia e pós graduada em Didática e Gestão Pedagógica.

Envolvida com danças ciganas há 10 anos, estudando e praticando estilos como rumba flamenca/catalana, romanes, dança cigana russa, dança cigana húngara e romena (cingerica, manele), dança cigana turca, dança ghawazee, danças ciganas dos Bálcãs (cocek, manele, kolo), dança kawleya e danças ciganas indianas (kalbelia, banjara, ghoomar).

Já passou pelas salas de aulas de profissionais renomadas no Brasil e no mundo, como Saphyra - Cristiane Wilson, Aysha Almeé, Estrela Andrade, Carol Charis, Clara Süssekind (Brasil/Turquia), Valerie Romanin (França) e Simona Jovič (República Tcheca/Sérvia) e continua suas pesquisas e vivências com estas e outras bailarinas de credibilidade.

Com o intuito de aprimorar suas técnicas corporais e interpretação, estuda outros estilos de dança como o flamenco, a dança contemporânea, o balé e a dança do ventre. Assim, teve a oportunidade de aprender (em aulas de rápida duração, cursos ou aulas regulares) com grupos e profissionais qualificados como, por exemplo, Kiara Yunet (dança do ventre), Roberta Zanellato (flamenco e dança do ventre), Rita Fernandes, Thaila Mouth, Kelly Ribeiro, Rogéria Perez, Ale Kalaf e Milene Muñoz (flamenco), Camila Veronesi (balé), Cia Cisne Negro (workshops de Criação Coreográfica e Expressão Corporal), [-MOS] (workshop de dança contemporânea Consonâncias Verbais - em parceria com o grupo GEM), Pin Nogueira e Cássio Castelan (curso Primeiro Encontro em Dança e Teatro oferecido pelo Centro Livre de Artes Cênicas de São Bernardo do Campo - não concluído).

 

Foi integrante do grupo Espirito Gitano por mais de quatro anos (de 2009 a 2013), com o qual se apresentou em grandes e tradicionais festas e eventos. Hoje, em carreira solo, continua realizando shows, muitas vezes acompanhada por suas alunas.

 

Coordena e coreografa a Cia Romany de Danças Ciganas, de São Paulo, desde 2017.

Ministra aulas, oficinas e cursos desde 2013.